Especialista em Direito à Saúde Humana comenta retorno dos eletrochoques nas internações de pacientes psiquiátricos

Dra. Tatiana Viola de Queiroz, do Nakano Advogados Associados, analisa as implicações das novas regras criadas pela Coordenadoria de Saúde Mental do MS A nota técnica do Ministério da Saúde sobre mudanças na Política Nacional de Saúde Mental, Álcool e Drogas, publicada na última semana, deixou muitos especialistas inconformados, ao apoiar medidas como a aquisição pelo SUS (Sistema Único de Saúde) de aparelhos de eletroconvulsoterapia (ECT), ou eletrochoques; a internação de crianças em instituições de saúde mental; e o tratamento da dependência química por meio da abstinência. “Essas medidas representam um retrocesso…

Leia Mais